Elaboração de projetos culturais, assessoria técnica em gestão pública, palestras, oficinas de teatro, palhaço e captação de recursos, elaboração de textos teatrais, direção teatral e muito mais.

Apoio Cultural

Apoio Cultural

segunda-feira, 21 de junho de 2021

Ofícios e modos de fazer – Zinaldo mecânico

O Blog Cultura de Janduís RN, através da publicação "Ofícios e Modos de Fazer", aborda a história do mecânico Zinaldo, trabalhado iniciado aos 25 anos de idade. Ele foi entrevistado durante o Mapeamento Cultural realizado pela Fundação Cultural Mestre Dadá, no ano de 2019.

Pesquisador: Berg Bezerra
Nome do Ofício/Modo de Fazer: Dindin
 
Nome: Francisco Zinaldo de Almeida
Filiação: Zinaldo Manoel Praxedes de Almeida e Maria Adelita Almeida
Endereço: Rua São Bento, 193, Centro, Janduís, Rio Grande do Norte.

História:
O mecânico Zinaldo, como é conhecido por todos na cidade, relata que inicio o ofício, sendo ajudante do saudoso “Orivídio”, há 25 anos, no município de Caraúbas/RN. Quando chegou em Janduís/RN, passou a trabalhar com “Pelva” e depois montou seu próprio negócio, inicialmente na Rua Miguel Véras Saldanha, ao lado do antigo Vaporzão, hoje Casa de Cultura. Fez serviços pra vários municípios e atualmente tem gente que só faz com ele pela confiança, no seu estabelecimento que é ao lado de sua residência na Rua Otoni Maia, esquina com a Rua Vicente Gurgel e de frente pra BR 226.

A demanda diminuiu pelas diversas opções também em outras cidades e por questões de saúde não tem condições de trabalho todo dia. Ainda assim, faz serviços esporádicos quando aparece. Sua especialidade é trabalho em alternador, motor de carro, freio, rolamento e dependendo do defeito ele ajeita. O ofício se deu por necessidade e por não ter outro ganho, já que sua escolaridade é apenas escrever o nome que aprendeu quando participou do MOBRAL (Movimento Brasileiro de Alfabetização).

Francisco Zinaldo de Almeido, é conhecido como Zinaldo mecãnico, nasceu no sítio Gado Bravo, município de Janduís/RN, passando a residir na zona urbana aos 16 anos, tem 66 anos de idade, homem, pardo e sua principal atividade econômica é a aposentadoria como agricultor.

“Acho muito importante porque fiz muita amizade e tenho o respeito do povo”. Finaliza Zinaldo.  
 

Janduís/RN, 07 de maio de 2019.